Política De Garantia Limitada

Política De Garantia Limitada

Política de Garantia Limitada – GT Radial

Este termo garante os pneus novos da marca GT Radial, comercializados diretamente ao consumidor pela sua rede de revendas, em todo o território nacional, contra vícios ou defeitos de fabricação por cinco anos, após ato da compra. Na ausência do recibo de venda será sempre considerada a data de fabricação do pneu, a partir de sua série DOT. Para ser elegível à garantia, o Produto deve ter sido utilizado sob condições normais de serviço, no mesmo veículo no qual eles foram originalmente instalados, sempre em estrita observância das recomendações do fabricante do veículo e não se enquadrar nas exclusões de garantia.

Após o exame do PRODUTO, na hipótese deste ser elegível à GARANTIA e ter se tornado não utilizável por qualquer razão (veja as exclusões nas quais a garantia não está coberto), no prazo de cinco (5) anos contados da data de compra do PRODUTO, comprovada por meio da respectiva Nota Fiscal (NF) de venda ao consumidor ou, na ausência da NF, da data de produção do PRODUTO, dentro do controle de fabricação da GT Radial e antes do desgaste abaixo de 1,6 mm da profundidade remanescente original da rodagem (ou seja desgastado até o topo do indicador no sulco original da rodagem), vai ser substituído por um produto equivalente da GT Radial de acordo com as bases estabelecidas nesta Política de Garantia Limitada. Lembrando sempre de preencher o Certificado de Garantia abaixo no momento da compra do(s) pneu(s).

Todos os produtos reclamados devem ser submetidos à rede de revenda GT Radial que esteja capacitada para análise do produto reclamado. Sempre que o produto for reclamado ele deverá levar todos os seus correlatos tais como roda, válvula, câmara (se for o caso) e veículo, pois a ausência de qualquer destes poderá dificultar a realização de exames e a elaboração de laudo técnico mais minucioso ou mesmo impedir a análise.

Quando for constatado defeito substancial nos materiais e/ou fabricação, nos 90 (noventa) dias da data de compra, haverá substituição do produto sem ônus para o usuário. Excetuam-se da reposição sem ônus: (i) os veículos com placas de uso comercial como: caminhões, ônibus, (ii) os veículos de transporte de aluguel, (iii) ou outros de qualquer tipo de uso comercial, ou os utilizados para a prestação de serviços de qualquer natureza (por exemplo, os veículos emplacados com placa vermelha). Neste caso, a substituição do PRODUTO sem nenhum ônus ocorrerá somente quando houver desgaste até 20% da profundidade original da rodagem. Acima deste desgaste, será considerado conforme abaixo. A GT Radial não reembolsará ou pagará valores referentes a custo de montagem, balanceamento, outras taxas de serviço, taxas de remoção, ou impostos aplicáveis.

Decorrido o período de 90 dias, os PRODUTOS ajustados sob a Garantia Limitada devido a defeito substancial nos materiais e/ou fabricação, até os primeiros 20% da profundidade original da rodagem, serão substituídos livre de despesas. A GT Radial não reembolsará ou pagará valores referentes a custo de montagem, balanceamento, outras taxas de serviço, taxas de remoção, ou impostos aplicáveis.

Decorrido o período de 90 dias, os PRODUTOS ajustados sob a Garantia Limitada devido a defeito substancial nos materiais e/ou fabricação, com desgaste além dos primeiros 20% da profundidade original da rodagem, serão substituídos por um PRODUTO novo numa base de “pro-rata”. A GT Radial não reembolsará ou pagará valores referentes a custo de montagem, balanceamento, outras taxas de serviço, taxas de remoção, ou impostos aplicáveis.

A substituição “pro-rata” consiste na substituição do PRODUTO objeto do ajustamento, arcando o usuário com a parte do custo do PRODUTO novo, no percentual correspondente à utilização do PRODUTO substituído.

Por exemplo, se o pneu apresentar desgaste de 50% na banda de rodagem, o usuário deverá arcar com 50% do valor do pneu que será entregue em substituição ao pneu objeto de garantia.

A medição do desgaste do pneu será limitada a 1,6 mm de profundidade remanescente da banda de rodagem (100% de desgaste). Este é o limite de segurança, conforme norma do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), abaixo do qual fica proibida a circulação do veículo.

A cobrança será feita, considerando o preço de venda do pneu no dia da substituição, incluindo os impostos destacados na nota fiscal.

CONDIÇÕES NAS QUAIS A GARANTIA NÃO ESTÁ COBERTA:

  • a) Dano devido às más condições das vias, incluindo, mas não se limitando a furo, corte, rasgo, quebra de carcaça, bolhas decorrentes de impacto, saliência ou dano resultante de impacto ou avarias acidentais ou quaisquer outros danos decorrentes de lesões mecânicas;
  • b) PRODUTOS calibrados com pressão incorreta (insuficiente ou em excesso, diferente daquele indicado pelo manual do proprietário do automóvel), incluindo aqueles que tenham transitado com baixa ou sem pressão.
  • c) Desalinhamento do sistema de direção/suspensão ou desbalanceamento do conjunto da roda e pneu;
  • d) Montagem/Desmontagem incorreta ou indevida do PRODUTO (quando o PRODUTO requer sentido de giro ou lado de montagem), utilização de ferramentas e/ou equipamentos inadequados, além de utilização de rodas não recomendadas pelo fabricante do veículo.
  • e) Desgaste acentuado e/ou irregular devido ao mau estado de conservação ou não execução de manutenção veicular, por exemplo, mas não se limitando a: sistema de suspensão, direção e freios (conforme recomendação do fabricante do veículo);
  • f) Acidente, exposição a fogo ou calor excessivo, alteração do PRODUTO ou vandalismo;
  • g) Deformação causada por armazenamento impróprio ou freio travado;
  • h) A adição de líquido, sólido ou material gasoso além de ar ou nitrogênio (por exemplo, mas não se limitando a, selante a base de água ou substância para balanceamento) no interior do PRODUTO;
  • i) Exposição a materiais químicos, como por exemplo, mas não se limitando a, óleos, graxas, solventes ou outros produtos derivados de petróleo e ozônio;
  • j) Exposição a condições climáticas inadequadas ou existência de reparo executado de forma imprópria:
  • k) PRODUTOS cujas gravações nas laterais tenham sido alteradas, raspadas ou estiverem ilegíveis;
  • l) Comprado ou usado fora do país no qual foi importado originalmente;
  • m) Contendo menos de 1.6 mm remanescente na rodagem em qualquer sulco;
  • n) Com uma reclamação de vibração que ocorra após os primeiros 20% de desgaste na rodagem em qualquer sulco;
  • o) Recauchutado, remoldado, redesenhado ou raspado;
  • p) Montados em rodas em mau estado de conservação, contendo partes oxidadas, trincas, deformações, ou partes cortantes;
  • q) Uso de válvula(s) em condições de utilização inadequadas;
  • r) Danificado devido ao uso de protetor ou câmara, quando o produto não exige a instalação destes itens;
  • s) Utilização de medidas e especificações de produto diferentes aos originais do veículo conforme fabricante do veículo;
  • t) Utilização em provas, exibições automobilísticas ou práticas que estejam em desacordo com a legislação de trânsito, além de abusos (como por exemplo e não limitadas a frenagem e aceleração brusca);
  • u) Utilização dos produtos em condições diversas de suas especificações, tais como (mas não se limitando a) velocidade ou carga acima do limite especificado no PRODUTO.

RECOMENDAÇÕES DE USO DO PRODUTO

Escolha do Pneu Adequado: O pneu deverá ser aquele recomendado pelo fabricante do veículo. A identificação dos pneus está contida nas laterais, onde constam as informações do produto.

  • Nome do Fabricante do Pneu
  • Modelo do Pneu
  • Dimensões do Pneu
  • Registro de aprovação Inmetro
  • Estrutura do pneu (lateral e rodagem)
  • Índice de Carga e Velocidade (vide tabelas)
  • Nome Comercial
  • Tipo de Pneu
  • Tipo de Construção
  • Data de Fabricação (_ _ _ _)
  • Indicador de Desgaste
  • Norma de segurança
  • Pressão máxima do pneu

Recomenda-se a troca da válvula quando efetuar a troca por um pneu novo. A data de fabricação é constituída de 04 números, seguindo padrão internacional DOT, sendo que dois primeiros dígitos se referem à semana de fabricação, ao passo que os dois últimos se referem ao ano de fabricação e está gravado em apenas 1 dos lados do pneu.
Nunca misture pneus de diferentes dimensões e/ou construções num mesmo veículo, a menos que seja indicado pelo fabricante do veículo.

Nunca ultrapasse o limite de velocidade especificado pela legislação de trânsito ou o especificado como limite de utilização para o produto, conforme especificado na “Tabela de Símbolo de Velocidade”, abaixo.
Nunca ultrapasse o limite de carga especificado para o produto, conforme especificado na “Tabela índice de Carga”, abaixo.

Tabela de Símbolo de Velocidade

Simbolo Velocidade(Km/h) Simbolo Velocidade(Km/h) Simbolo Velocidade(Km/h)
B 50 K 110 S 180
C 60 L 120 T 190
D 65 M 130 U 200
E 70 N 140 H 210
F 80 P 150 V 240
G 90 Q 160 W 270
J 100 R 170 Y 300
ZR Acima de 240

Tabela de Índice de Carga

IC KG IC KG IC KG IC KG IC KG IC KG IC KG
40 140 60 250 80 450 100 800 120 1400 140 2500 160 4500
41 145 61 257 81 462 101 825 121 1450 141 2575 161 4625
42 150 62 265 82 475 102 850 122 1500 142 2650 162 4750
43 155 63 272 83 488 103 875 123 1550 143 2725 163 4875
44 160 64 280 84 500 104 900 124 1600 144 2800 164 5000
45 165 65 290 85 515 105 925 125 1650 145 2900 165 5150
46 170 66 300 86 530 106 950 126 1700 146 3000 166 5300
47 175 67 307 87 545 107 975 127 1750 147 3075 167 5450
48 180 68 315 88 560 108 1000 128 1800 148 3150 168 5600
49 185 69 325 89 580 109 1030 129 1850 149 3250 169 5800
50 190 70 335 90 600 110 1060 130 1900 150 3350 170 6000
51 195 71 345 91 615 111 1090 131 1950 151 3450 171 6150
52 200 72 355 92 630 112 1120 132 2000 152 3550 172 6300
53 206 73 365 93 650 113 1150 133 2060 153 3650 173 6500
54 212 74 375 94 670 114 1180 134 2120 154 3750 174 6700
55 218 75 387 95 690 115 1210 135 2180 155 3875 175 6900
56 224 76 400 96 710 116 1250 135 2240 156 4000 176 7100
57 230 77 412 97 730 117 1280 136 2300 157 4125 177 7300
58 236 78 425 98 750 118 1325 137 2360 158 4250 178 7500
59 243 79 437 99 775 119 1360 138 2430 159 4375 179 7750

Conservação Veicular: A conservação dos componentes mecânicos do veículo, como: e não se limitando a amortecedores, molas, sistema de freios, sistema de direção, válvulas e buchas influencia na quilometragem/ desgaste dos pneus, desempenho e segurança do veículo. É muito importante a correta manutenção do conjunto.

Pressão dos Pneus: Calibrar conforme pressão recomendada do fabricante do veículo, semanalmente, ou na periodicidade por ele também recomendada, caso esta seja menor. Realizar a medição com os pneus frios, pois a quente podemos ter alteração da pressão. Pressão abaixo ou acima do recomendado ocasiona desgaste e fadiga dos materiais, diminuindo sua durabilidade e segurança. Não esquecer de calibrar o estepe. Sempre recolocar as tampas das válvulas após calibração, para evitar entrada de sujeira.

Balanceamento de rodas: Deverá ser feito a cada 10.000 Km ou antes, caso seja menor a periodicidade recomendada pelo fabricante do veículo. Ele deve ser realizado também caso haja:

  • - rodízio de pneus
  • - troca de pneus
  • - conserto ou reparo no pneu
  • - forte impacto (buraco ou obstáculos)
  • - surgimento de vibrações ou trepidações

Rodízio: deverá ser feito a cada 10.000 Km ou antes, caso seja menor a periodicidade recomendada pelo fabricante do veículo. O esquema deve ser aquele recomendado pelo manual do fabricante do veículo. Respeitar o sentido de rotação, quando o mesmo for indicado nos pneus (pneus direcionais)

Alinhamento de direção: O desalinhamento do sistema de direção provoca desgastes irregulares e/ou prematuros nos pneus, comprometendo a dirigibilidade e segurança do veículo. Ele deverá ser feito a cada troca de pneus ou a cada 10.000 Km ou antes, caso seja menor a periodicidade recomendada pelo fabricante do veículo. Ele deve ser também realizado caso haja:

  • - desgaste irregular dos pneus
  • - vibração no volante
  • - forte impacto
  • - veículo apresentando tendência direcional
  • - após troca de elementos da suspensão
  • - realização de rodízio de pneus

COMO PROCEDER EM CASOS DE SUSPEITA DE GARANTIA

Em caso de suspeita de garantia de seu(s) produto(s), recomendamos os seguintes procedimentos, em ordem de prioridade:

  • 1) Buscar orientações com o local onde o(s) produto(s) foi(ram) adquirido(s).
  • 2) Procurar por um revendedor GT Radial mais próximo.
  • 3) Entrar em contato com a GT Radial através do e-mail juste.lam@giti.com

Informações adicionais poderão ser solicitadas para o entendimento e julgamento adequado da solicitação.
Lembrando que o formulário abaixo deve ser preenchido no ato da compra do(s) produto(s).

CERTIFICADO DE GARANTIA – DADOS DA COMPRA

(PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO)

DOT DO(S) PNEU(S):